sexta-feira, 21 de novembro de 2008

V – The Original Minissérie e V – The Final Battle



V são duas minisséries de sobre a chegada de alienígenas na Terra e a forma como eles dominam o nosso planeta. Que vai ganhar uma refilmagem agora, mas antes de poder ver o novo eu tinha que ver a série original que é muito cultuada.



Os Visitantes, como os alienígenas são chamados, chegam prometendo trocar conhecimento por alguns produtos químicos necessários para o planeta deles, e a surpresa de todo mundo é como eles são iguais a nós e amigáveis. Não demora muito para que eles comecem a influenciar toda a sociedade com o seu carisma e amizade, mas eles escondem algo, a real aparência deles e seus objetivos verdadeiros. Interessante fazer uma nota aqui que, a série da à impressão que por serem reptilianos os aliens seriam vistos por nós como agressivos e perigosos e o pior é que nó vemos os répteis como criaturas ruins até hoje, mas a série acerta em mostrar como somos preconceituosos e não somos capazes de aceitar o que é diferente de nós.

.

Quando o cameraman Mike Donovan descobre como os aliens são e de que eles não estão aqui pelos motivos que eles alegam a trama começa a andar, Mike é acusado de terrorismo contra os visitantes e passa a ser perseguido, logo em seguida cientistas por toda a Terra começam a ser marginalizados e caçados devido a acusações de conspiração contra os visitantes e os alienígenas começam a ganhar poder inclusive perseguindo e prendendo cientistas suspeitos e seus familiares, não muito diferente do que aconteceu na guerra fria com a paranóia comunista em que vizinhos e amigos denunciavam uns aos outros por suspeitarem que fossem comunistas. Essa paranóia contra os cientistas acaba por marginalizar todos os homens e mulheres da ciência que começam a serem vistos como terroristas e precisam se esconder porque estão sendo presos e estão desaparecendo (não diferente do que acontece hoje nos EUA em que qualquer mulçumano é considerado um terrorista em potencial e é hostilizado e preso por motivo algum). Outro ponto a se destacar é que cientistas estão sendo perseguidos por serem detentores de conhecimento, e isso sempre acontece na Terra quando um regime totalitário se instala, as pessoas que detêm o conhecimento são consideradas perigosas, por muitas vezes serem capazes de ver e questionarem o que está acontecendo procurando respostas. Eu me identifiquei bastante com o assunto, porque eu sou estudante de biologia e pretendo ser um cientista...



Os alienígenas começam a interferir na política e na administração pública fazendo lavagem cerebral até nos presidentes utilizando o medo contra os cientistas como desculpa os países da Terra começam a declarar lei marcial e os visitantes começam a interferir militarmente prendendo as pessoas em suas naves, cidades inteiras são presas e o povo não vê a extensão da invasão por que os visitantes passaram a controlar a informação escrita e as transmissões de TV e rádio. A população da Terra que tem sido aprisionada está sendo colocada em animação suspensa para servirem como escravos no exército alienígena e quando não forem mais úteis servirem de comida, outra coisa que falta no planeta dos visitantes. Mais um ponto a se considerar, como nós humanos temos medo de não estarmos no topo da cadeia alimentar e consideramos a idéia de servirmos de comida para outras espécies extremamente horrível.



Com a Terra sendo controlada pelos alienígenas, os marginalizados cientistas se unem e formam uma resistência para tentar vencer a invasão e descobrir mais sobre os visitantes, sua morfologia, fraquezas e suas reais intenções. Aqui a série acertou no tom na primeira minissérie errou completamente em The final battle ao tornar a resistência dos cientistas em uma espécie de exército. O certo teria sido a resistência dos cientistas ter se aliado a um grupo dissidente de militares integrando uma resistência de verdade, eles até tentaram corrigir esse erro depois com a inclusão de um pequeno grupo militar na resistência, mas ficou forçado e artificial porque os cientistas continuaram a fazer trabalho de espionagem, infiltração e confrontos armados quando deveriam estar focados na produção de armamento capaz de transpassar a armadura dos visitantes e descobrir mais sobre as suas fraquezas.



A resistência conseguiu descobrir uma bactéria mortal aos visitantes em um bebê híbrido da personagem mais irritante e infantil da série com um dos alienígenas, desta forma eles produziram uma arma em pó capaz de matar os visitantes em segundos (Isso foi um erro absurdo, pois por mais fatal que uma bactéria possa ser ela não mata instantaneamente, ela demoraria pelo menos algumas horas para deixá-los doentes e matá-los, seria mais realista se eles tivessem descoberto que os aliens eram alérgicos a ‘pó de amendoim’, ai sim a arma poderia matar em instantes).


Com a ajuda de um grupo de Visitantes contrários a invasão à Terra, o grupo arma um plano que irá espalhar a bactéria por todo o planeta tornando-o tóxico aos visitantes, mas não antes deles descobrirem em tempo recorde uma vacina para os visitantes amigos, mesmo eles não sabem quase nada sobre o funcionamento do corpo dos aliens uma verdadeira pílula milagrosa. O plano inicialmente atacar por Terra, mas o filho do Mike que havia sido feito prisioneiro pelos visitantes e depois foi recuperado sofreu lavagem cerebral e foi convertido em um informante, o que poderia ter posto todo o plano a perder se eles não tivessem descoberto e utilizado isso em seu favor mudando o plano, para o lançamento em balões do pó na atmosfera e uma tentativa de tomar o controle de uma das naves mãe.


O plano dá muito certo e os alienígenas são expulsos da Terra, mas não antes de ativarem um dispositivo nuclear capaz de destruir o planeta, por sorte a criança híbrida, Elizabeth, cresceu em tempo recorde e havia sido entregue para os visitantes por um padre membro da resistência que fugiu com ela porque ficou com medo que mãe maluca dela resolvesse matá-la, e com seus super-poderes desligou o lançamento da arma deixando todos atônitos inclusive os Visitantes bonzinhos. Essa foi definitivamente a pior parte da série, e dá vontade de atirar na pessoa que achou que isso seria uma coisa legal e acabou por dar um final horrível a uma minissérie excelente, mas que teve vários ‘pequenos grandes’ furos.



Adorei a série e recomendo que assistam, porque mesmo com todos os absurdos a série consegue ser muito boa, e tem uma história bem legal de como seria uma invasão alienígena a Terra sem ser uma invasão armada como estamos acostumados a ver nos filmes e seriados. Considerem também que é uma produção antiga, cujos efeitos especiais, diálogos e atuações não são grandes coisas, mas que mesmo assim consegue agradar bastante. Só espero que a nova versão da série seja pelo menos tão boa quanto à original e que corrija os absurdos que eu relatei aqui sem mudar a sua essência...

Ps: V se tornou série com 8 episódios, que dizem não são bons como as duas minisséries, mas eu ainda não conferi...

2 Comentários:

Daniel disse...

Como era de se esperar de uma produção de ficção científica dos anos 80, a série é bem canastrona, mas nem por isso é ruim, pelo contrário a série tem mais conteúdo que muita coisa mais recente que já vi....

ALESSANDRO disse...

não tenho muitas expectativas em relação a refilmagem, o que eu quero mesmo é a serie original em dvd, será pedir muito?

Postar um comentário

Toca 42 © 2008. Template by Dicas Blogger.

TOPO